Monday, February 6, 2023
Niz Goenkar
Latest News

E Os Forcados? – Por Manuel Peralta Godinho E Cunha
Monday - Jan 16, 2023
E Os Forcados? – Por Manuel Peralta Godinho E Cunha
Sobre a corrida que se realizou na Praça de Santarém em 8 de Junho de 2003 foram escritas crónicas nos jornais “Correio da Manhã” e “Toiros e Cavalos” respectivamente assinadas pelos saudosos críticos João Aranha e Eduardo Leonardo. Não obstante, nem um nem outro mencionaram os nomes dos forcados dos Grupos que, de caras, pegaram os toiros.
 
Porém, no livro “À Barbela!” – editado em Junho de 2013 – ficou complementada essa notícia, que aqui recordamos de uma corrida que se efectuou há cerca de 20 anos:
 
Como nem num, nem outro, destes cronistas fez referências aos forcados que executaram as pegas de caras, aproveitamos para deixar em “nota de rodapé” os nomes que foram esquecidos: Diogo Sepúlveda, João Canavarro e Tancredo Pedroso, pelos Amadores de Santarém, todos à primeira tentativa. Rodrigo Castelo, João Camejo (os dois à primeira tentativa) e Fernando Parente (à terceira tentativa) pelos Amadores do Aposento da Moita.
 
Destaque para João Camejo (4º. toiro ) e Tancredo Pedroso (5º. toiro) pela forma toureira como provocaram as investidas e receberam os toiros.
 
A pega é, presentemente, o suporte da corrida à portuguesa e o motivo de interesse de muitos jovens aficionados que pagam os bilhetes das nossas praças de toiros. O mínimo que os comentadores taurinos devem fazer nas suas crónicas é, pelo menos, darem a devida referência aos forcados que pegaram.

Back
Comments (2)
Manuel Pires de Lima
Monday - Jan 16, 2023
Lembram-se das crónicas de Nisa da Silva que estava tempos infinitos a falar das xiquelinas e das moletinas e no final escrevia, o Grupo de Forcados X, esteve bem. Antigamente também havia disto!
Bindes Cabral
Monday - Jan 16, 2023
É sempre assim esquecem se sempre dos forcados ou então só dizem os nomes e tentativas quando há muito mais para dizer!!! Mas antigamente não era assim pois tenho ainda crónicas do tempo do meu pai que falavam tanto dos forcados como dos cavaleiros!
Leave a Comment
* Name
* Email (will not be published)
*
* Enter verification code
* - Required Fields